Inspirado no poeta inglês Percy Shelley, romântico, politizado e uma espécie de proto-punk no século XVIII, The Other I é o segundo disco das irmãs Thurlow e um diálogo interno sobre a dualidade da experiência humana – a divisão entre o “eu” enquanto força destrutiva que fala constantemente na nossa cabeça e o “eu” que apresentamos ao mundo.

Escrito entre Paris e Londres e gravado nos estúdios da Bella Union na companhia de James Rutledge (Radiohead, Fever Ray), The Other I é um conjunto de canções essencialmente rock, mas de contornos ambientais. As guitarras na linha da frente não evitam as aproximações ao mundo perdido de Zola Jesus, às harmonias vocais da outra voz na cabeça de Tori Amos e dos momentos mais assombrados das Warpaint. Mas não vamos reduzir as 2:54 a meras comparações, porque aqui há excelência, profundidade na escrita e um disco de uma intensidade ímpar que merece o seu lugar tão próprio na nossa colecção de discos. Acerca do vídeo Colette Thurlow diz:

Blindfold was one of the first tracks we wrote for the record and came to symbolise a shift in focus for us musically. We knew we wanted Blindfold to have a direct, performance-based visual that captured Hannah, Alex and I and our band, but that also revealed both the beauty and alienating quality of the city we’ve grown up in. We’ve wanted to work with Charlie Robins and Chris Hugall forever! We’re big fans of their work, the timing was finally right.

alec peterson bigsig

 

 

About The Author

Related Posts