Os Bush, principais representantes do grunge e seus derivados deste lado de cá do oceano Atlântico, têm uma nova e extensa tour marcada que devolve a banda de Gavin Rossdale, Robin Goodridge, Chris Traynor e Corey Britz ao palcos portugueses e ao Coliseu de Lisboa por onde a banda inglesa já passou em três ocasiões distintas tendo a última vez sido já em 2012. Os Bush tocam em Lisboa no derradeiro concerto da digressão de promoção a Black And White Rainbows que atravessa os Estados Unidos e a Europa durante os próximos meses e que em Seattle no dia 30 de Maio, chegando a Lisboa a 11 de Outubro.

Black And White Rainbows é o sétimo disco dos Bush e o terceiro depois de uma interrupção que se arrastou desde 2002 até 2010, ano em que voltam ao activo para um ano mais tarde reatarem a actividade discográfica com The Sea Of Memories, continuada três anos depois com Man On The Run em 2014. Longe dos holofotes e do feedback de Sixteen Stone, Razorblade Suitcase e The Science Of Things, os Bush continuam hoje a ter a uma sonoridade perfeitamente reconhecível com muita da sua força e raiva única a atravessar décadas desde os anos 90 até hoje de forma quase imaculada. Guitarras mais polidas e, a espaços, contidas mas a mesma melodia melancólica e a mesma sensualidade desesperada no som e na voz.

O Coliseu de Lisboa recebe a 11 de outubro a banda de Gavin Rossdale e os bilhetes encontram-se à venda a partir de 26 de maio. Para recordar em baixo “Letting the Cables Sleep”, um dos singles maiores dos britânicos revisto de forma despida e íntima e, para quem ainda não chegou ao final do arco-íris, o novo disco na íntegra.