Numa espiral espiritual ascendente, David Eugene Edwards é orgão essencial no corpo do rock&roll das duas últimas décadas: desde o ataque às cordas, do tremer da voz e da expressão enrugada da verdade dos antigos 16 Horsepower à exploração sónica intersticial da folk, do country e da abrasividade da música pesada. É com esta assinatura que Eugene e os seus Woven Hand re-visitam o Hard Club do Porto e o RCA Club de Lisboa nos dias 4 e 5 de Maio, respectivamente.

É a voz vibrante e estalada no mais recente álbum Star Treatment de 2016, com o lacrado da label Sargent House, que a intuição artística desenvolve um ponto central que se expande para uma densa camada de sons que elevam a uma experiência psíquica quase espiritual. É, também, onde encontramos algumas das músicas mais pesadas dos Woven Hand, mais fortes e mais expressivas, que abordam algumas partes com drones alongados e repetições hipnóticas, mas onde continuamos a ouvir os temas mais country e folk cuja emoção se mostra incomparável e indubitavelmente visceral. A voz de David Eugene mostra-se estável com uma potência imensurável e dotada de uma enorme identidade.

É necessário afirmar que a figura de David Eugene Edwards se ergue, ainda hoje, mais de duas décadas depois, como uma das mais relevantes no seu universo. Partilha o pedestal onde se encontra com Michael Gira (cabeça dos Swans, com quem já colaborou), Nick Cave e David Tibet. A marginalidade onde se foi cobrindo manteve-o nas sombras onde sempre se sentiu bem e nunca parou de produzir. É um daqueles exemplos em que a história se encarregará de elevar mais do que a própria vivência, algo que nunca o pareceu assustar. Será, com confiança, num concerto memorável, inesquecível e arrepiante que aguardamos o regresso dos Woven Hand a Portugal.

Os bilhetes estão disponíveis a um preço promocional de 17€ limitado a 100 unidades em no site da Amplificasom. Depois de esgotado o limite, passam a custar 22€. Serão em breve vendidos a um preço único de 22€ na Louie Louie (Porto), Hard Club (Porto), Piranha (Porto), Black Mamba (Porto), Bunker Store (Porto), RCA Club (Lisboa), Flur (Lisboa), Glamorama (Lisboa) e Vinilexperience (Lisboa).

Wovenhand Portugal 2017

Wovenhand Portugal 2017