Não foi a forma mais convencional aquela que resultou na antecipação do lançamento digital de dois novos temas do britânico Burial mas parece ter resultado. Manobra de marketing – ou não tivesse William Bevan colaborado anteriormente com Thom Yorke -, ou venda genuinamente acidental numa Black Friday numa loja de discos de Toronto, o que é certo é que sem que nada o fizesse prever, há todo um novo universo ambient e experimental para explorar nos 2 temas agora disponibilizados no Bandcamp de Bevan, com as primeiras cópias do vinil que lhes dá forma física já esgotadas.

“Young Death” guia-nos em direcção a uma órbita lunar exótica, leve, lenta e delicada, com laivos de uma espécie de r&b oriental derretidos em várias frequências de som espaciais e flutuantes que recebem como pano de fundo o crepitar estático de uma agulha de gira-discos. Por sua vez, “Nightmarket” embarca levianamente em sintetizadores post-punk num cosmos magnético e desgravitacional forrado a ecos que flutuam livremente num espaço electro.

Fluídos, detalhados e contemplativos, os dois temas agora revelados por Burial fazem parte de 12” que será lançado em data futura e que se juntará aos álbuns Burial de 2006 e Untrue de 2007 e todo um infindável mundo de EPs, singles e remisturas.