Seja na luz, na vida no seu estado mais puro ou nos dias que escorrem e discorrem sobre a vida dia após dia, seja na lentidão do crescimento e na descoberta diária de novas luzes e sombras que definem caminhos e percursos de negros e ciaros, a arte é uma das pedras basilares de toda a evolução. James Blake sabe-o como ninguém e alia em torno da sua obra uma imaculada percepção do todo que constitui o pleno de uma criação, os silêncios nas canções e entre discos, a suavidade que conta e explica o ruído, o encontro pleno da imagem com o som e a palavra. E mais uma vez junta uma pequena metragem de delicadas cinematografias a um conceito e a uma das canções mais especiais de The Colour In Anything.

“My Willing Heart” é o segundo video para o disco do produtor e compositor londrino e sucede a “I Need A Forest Fire”, tema que conta com a voz de Justin Vernon, nas artes visuais pensadas para o terceiro disco de originais de Blake.

Como James parece não gostar de deixar de convidar nomes de alto relevo no mundo das artes desta vez encontramos a actriz Natalie Portman no papel principal do vídeo realizado por Anna Rose Holmer, uma Natalie Portman a meros dias de dar à luz a sua filha, Amalia. Planos subaquáticos que sugerem exactamente a visão da vida nascente no líquido amniótico, a tranquilidade dos dias anteriores ao nascimento de uma criança. Uma Natalie que nada e flutua por entre sombras e luz, que se deita em silêncio e paz em comunicação com o seu ventre e a criança que estava a dias de nascer.

Ao que consta, James Blake encontra-se já em processo de composição de novos temas para o próximo disco mas vai andar na estrada durante o verão aparecendo em alguns festivais. Aos sortudos que andarem por Itália em Junho, Blake encontra-se em palco com os Radiohead em Florença e Milão nos dias 14 e 16 respectivamente.

The first time your name was used
It was beauty and I knew.