Subsiste ainda a dúvida se os grafittis dos Black Lips têm autoria diabólica ou intervenção divina, e até à próxima sexta-feira – altura que os rapazes de Atlanta editam o seu oitavo registo de longa-duração sob o título Satan’s Grafitti Or God’s Art? – é coisa que não vamos saber. O que sabemos é que os dois dos murais até agora pintados, de garage no caso de “Can’t Hold On” e de punk no caso de “Squatting In Heaven”, ambos com acentuadas nuances psych, desafiaram um sem número de regras e a sua rebeldia tem certamente origem pecaminosa e profana.

Mas sexta-feira não chega sem antes deitarmos as mãos e os ouvidos a um novo pedaço de céu endiabrado. “Occidental Front” leva os gritos demoníacos e doentios exorcizados pelos Lips a trote de cavalo num cenário apropriadamente western e psychobilly naquele que constará como a terceira pintura infernal dos norte-americanos para o novo álbum e aquela que resgata um pouco da irreverência sonora southern de Underneath The Rainbow de 2014. E quem contribuiu para a algazarra com os seus gritos dos infernos foi Yoko Ono, mãe de Sean Lennon que produziu o disco, tornando o tema ainda mais pantanoso e caótico.

Satan’s Graffiti or God’s Art? saí já no próximo dia 5 de Maio pela mão divina da Vice Records.