Chama-se os amigos para tomar um café, para uma conversa fora ou, quem sabe, para criar música. Parecerá ilusório a existência de uma banda onde só existe um integrante permanente? Se sim, então Allan Yokohama consegue a proeza de transformar essa ilusão em realidade musical.

A cidade de Curitiba no Paraná, Brasil é o berço de um projecto-banda bastante peculiar. Yokohama Café surgiu entre amigos a partir da consciência e de um objectivo comuns: fazer música. E assim acontece, a cada mês; a banda consegue lançar uma música mensalmente e chegam, assim, ao mês de novembro com seu 11º lançamento do ano. Já o primeiro vídeo da banda foi lançado em Março, e consistia numa animação monocromática para a música “Preciso”.

Em constante mudança na sua formação – o único membro que, certamente, o público irá reencontrar todos os meses é o fundador e baterista Allan Yokohama -, todos os meses outros amigos, músicos reconhecidos na cena musical de Curitiba, se juntam à banda para o processo de criação e registo da música resultando em temas inéditos. Já fizeram parte do projecto-banda nomes como Diogo Soares dos Los Porongas na canção “Inventar O Agora”; as cortinas abriram-se para Lemoskine em Abril e em Maio a trilha sonora da peça “Psycho Rock Hamlet” foi reinterpretada em “O Resto é Silêncio”.

Para o 1oº lançamento do ano – do mês de Outubro -, os Yokohama Café têm como integrantes Allan Yokohama, Rodrigo Medeiros, Gustavo Schirmer e Bê Müller que dão o tom simples do rock à música “A Beleza e a Sua Piromania”. Nas palavras de Rodrigo Medeiros, autor da letra,

A beleza é uma garota piromaníaca pronta para agir com violência. Sem escrúpulos e sem limites.

O vídeo foi gravado dentro do projecto Casa da Frente no Nicos Studio, e o processo de composição desta música, os seus arranjos e melodias irão ser mostrados na página da banda no Facebook até o lançamento da próxima música, no mês de Novembro.

Se a beleza não tem dono, Yokohama Café também não. Yokohama é um fascínio a ser desvendado a cada mês e um encontro amigável, desejável por muitos e realizado por poucos. Yokohama pode ser como a beleza da garota, um projecto-banda ousado que incendeia os ouvidos de quem o escuta. A sala já está pronta para receber as novas sessões fotográficas e a música de Yokohama Café. Açúcar ou adoçante?