Eternos campeões da psicadélia actual, os Thee Oh Sees continuam o seu percurso feroz em serem uma das mais prolíferas bandas que possam existir em termos de lançamentos. No passado mês o colectivo lançou um novo álbum ao vivo e agora já começam a preparar a rampa mais uma colecção de originais. A Weird Exits é o seu nome e já lhe havíamos conhecido o primeiro single chamado “Plastic Plants”.

Agora, chega-nos aos ouvidos “The Axis” que será precisamente a faixa que encerra o disco a ser lançado a meados de Agosto. Talvez por ter essas honras de encerramento, a canção se caracterize por um fogo mais lento, de carregada e viscosa progressão, esticando-se tanto em tempo como em pormenor.

É uma balada psicadélica pertencente ao universo surrealista dos Thee Oh Sees por excelência, encontrando a voz de duende de John Dwyer e as mesmas guitarras retorcidas, quase em jeito de violino, fruto do passo mais desacelerado da canção, a lembrar algumas das experiências mais cinemáticas e curiosas de uma fase inicial da banda.

A Weird Exits não vem fazer muito pela coerência da gramática nos títulos de discos de rock mas, certamente, virá recheada de portentosas malhas. O novo registo sai exactamente a 12 de Agosto deste ano e nem uma semana depois, a 18, os Thee Oh Sees estarão na nossa companhia para o mostrar num regresso ao Vodafone Paredes de Coura. Uma dose dupla da banda confirmar-se-á no seguinte mês com uma passagem pelo Reverence Festival Valada a 8 de setembro. Feliz seguimento de verão, portanto, para aqueles que se sentem felizes na companhia do grupo.

Entretanto, aproveita-se para mostrar a maravilhosa artwork deste A Weird Exits.

The-Oh-Sees-A-Weird-Exits-compressed-compressed