Para trás ficaram as montanhas de Lyttleton que serviram durante tantos anos de cúmplices silenciosos e fortalezas guardiãs da melancolia dark folk profundamente emocional e desoladora de Aldous Harding e que já fizeram brotar dois discos tão inóspitos como inebriantes para encontrar o caminho que a levaria a Seattle em julho para um set de quatro temas.

Nos estúdios da KEXP, a neo-zelandesa tece canção a canção um embalo deslumbrante feito de pequenos feixes de luz entre as sombras no imaginário que paira na negritude hipnótica de Party, o seu último álbum editado em maio desde ano e que sucedeu ao homónimo de 2014.

Aldous Harding passa este novembro por Lisboa no Vodafone Mexefest e será certamente, um dos pontos altos do evento.

Setlist
01. Elation
02. Blend
03. Imagining My Man
04. Horizon