Não é que não estejamos habituados a ver os Alt-J (Delta, para quem tem Mac) a mandar cá para fora, neste plano em que nos encontramos nós, ávidos ouvintes que nunca nos aventuraríamos a fazer música o metade do bom, os melhores vídeos. Ainda a semana passada observávamos, de olhos esbugalhados e phones nos ouvidos, um rapaz que fugia de flechas que alguém, invisível, disparava, em campo aberto (em “Hunger Of The Pine”, é Miley Cyrus que diz I’m a female rebel, mas não revelaremos muito mais, não vá o venerável leitor ter “falhado” esta pérola, que por um mero acaso até está aqui).

Já o colaborar com alguém a convite é em tudo diferente. Pressupõe alguma paixão que ultrapassa as habituais indisponibilidades de agenda ou, eventualmente, mania das grandezas. Grandeza têm-na, em barda, os Alt-J. Já o atestámos em dois concertos por terras lusas. Paixão também. Que o diga Jon E. Price, realizador, que convidou a banda a CRIAR (assim, em caixa alta, porque não foi “fornecer” uma música já existente, nem sequer adaptar outra). E Joe e Gus não só criaram como assumiram a linguagem das imagens, filmadas pela costa britânica, saindo, quanto a nós, do habitual registo. Quem quiser conferir, o filme está abaixo, cortesia do realizador.

Aproveitem e vejam a sua página no Vimeo. Vale a pena.

 

Related Posts