2014 ficou certamente mais doce debaixo do dilúvio fresco e macio trazido pelo indie pop de construção melodiosa dos Alvvays com as suas harmonias tecidas numa fábrica de sons coloridos e sonhadores vindos dos lados de Toronto, Canadá, com sopros leves de sintetizadores, ligeiramente de agraciados com uma vibração shoegaze, a servir de tapete sonoro para a voz de menina de Molly Rankin.

Os canadianos tinham editado o seu álbum de estreia homónimo precisamente há três anos, colocando-os na rota sonora das esferas mais indie com um disco que os atirou para as listas de melhores do ano, e desde então pouco deles se viu. Agora, os Alvvays confirmam o seu regresso aos registos de estúdio com o lançamento de uma nova colecção de canções que, a julgar pelo tema de avanço, segue na mesma linha de temas encantadores que fizeram as delícias do mundo aquando do seu surgimento e seguem o desígnio repleto de cadencias melífluas e enfeitiçantes que parece ter-lhes sido entregue como missão.

“In Undertown” é a primeira amostra para o próximo longa-duração dos Alvvays que leva o nome Antisocialites na lombada e sai no final do verão, a 8 de setembro pela Polyvinyl. Um tema feito de um grau de pureza dreampop elevado e alinhavado com um fio de prata feito de uma candura desarmante. O alinhamento e a artwork do disco logo em baixo.

Antisocialites
01. In Undertow
02. Dreams Tonite
03. Plimsoll Punks
04. Your Type
05. Not My Baby
06. Hey
07. Lollipop (Ode to Jim)
08. Already Gone
09. Saved by a Waif
10. Forget About Life

Antisocialites Alvvays