Angel Olsen parece ter deixado em definitivo os paraísos de melancolia acústica delineados a guitarras folk para se aventurar numa nova constelação.

Se “All Mirrors” – tema de estreia revelado em julho passado para o próximo disco da norte-americana -, revelava uma Angel mais próxima das construções sonoras edificadas por uma Kate Bush, o segundo tema agora revelado acentua essa tónica, levando-a para terrenos dominados por arranjos de cordas volumosos, demorados e épicos.

“Lark”, a nova canção e aquela que irá abrir All Mirrors, demora-se num vídeo gravado na Carolina do Norte, que tal como a canção, paciente e nostálgica, vai crescendo e intensificando frame a frame, imagem a imagem.

All Mirrors será o quarto longa-duração de Angel Olsen e tem edição agendada para Outubro pela  Jagjaguwar. A norte-americana regressa também a Portugal em Janeiro onde dará três concertos: no dia 22 no Capitólio, em Lisboa, que leva o selo da ZDB, no dia seguinte na mesma sala (uma data que já se encontra esgotada), e no dia 23 no Hard Club, no Porto.