Açucaradas como se fossem canções pop, leves como farrapos de flora ao vento e pulsantes como uma banda sonora de Verão para uma história de amor adolescente no anos 60. Visto de cima, é isto que Anna Burch vem trazer ao mundo no seu disco de estreia que está aqui para ser saboreado. Mas atenção, por entre o recheio de doces e acordes maiores, estão canções sobre insegurança, relações amorosas destrutivas, traumas parentais de infância e uso e abuso de drogas.

Anna Burch lança o seu primeiro longa-duração recorrendo às bases históricas do rock alternativo cimentadas por Juliana Hatfield, os The Breeders de Kim Deal e dos Lemonheads, e veste as suas canções de folk e de indie pop. Quit the Curse foi produzido Collin Dupuis, que já tinha deixado a sua marca como engenheiro de som em gravações de artistas como Lana Del Rey e Angel Olsen. Faz todo o sentido, depois de se ouvirem as nove canções que Burch escolheu para se apresentar ao mundo.

Data de Lançamento: 02 de Fevereiro
Editora: Polyvinyl Records