Ariel Pink mudou. Ou, se não mudou, encontra-se em plena missão exploratória de novas tendências num processo criativo que o atira para registos bem distantes da esquizofrenia de pom pom, o seu disco de estreia a solo de 2014. O norte-americano tinha já feito saber com “Another Weekend“, tema revelado no início deste mês, que tinha deixado o passado bem lá trás e que as novas incursões sonoras iriam passar por uma psicadelia de cadência lenta e hipnótica.

Ora, duas semanas depois, Ariel Pink lança a representação visual de um tema que nos primeiros instantes se assemelha bastantes às linhas orientadoras da música produzida por Andrew Bird, para rapidamente o riscar da equação e introduzir um forte contigente psych cujo auge é atingido num refrão progressivo à la Pink Floyd. O vídeo foi realizado por Grant Singer e é passado num bar de cowboys aparentemente algures no México.

Lê tambémAs névoas psicadélicas e nebulosas de “Another Weekend”, o novo tema de Ariel Pink

Ariel Pink anunciou também o lançamento de um novo registo de estúdio, que será o seu segundo em nome individual, e levará o título Dedicated to Bobby Jameson. Bobby Jameson, músico falecido em 2015, editou um disco em 1965 sob o heterónimo Chris Lucey que depressa se tornou num disco de culto no mundo da folk, embora tenha visto todas as suas tentativas para fazer carreira da música falhadas e nunca conseguiu o pagamento dos direitos sobre a sua música. O próximo álbum de Ariel Pink que será lançado a 15 de setembro, como o nome indica, é-lhe dedicado.