O compositor Ryuichi Sakamoto voltou às edições discográficas em nome próprio no ano passado quando lançou am Abril async, o seu décimo sexto álbum a solo depois de o último registo, Three, ter saído já em 2012. Async acabou por ser álbum que ensina como aproveitar as pequenas coisas da vida num conjunto de temas universais que se tornou numa celebração do trabalho de uma vida de um compositor que encontrou beleza na sua coleção de instrumentos e em tudo o que o rodeava.

Sakamoto, que luta desde 2014 contra um cancro na garganta, tem já uma longa carreira e acumula Óscars, BAFTA’s, Globos de Ouro e Grammys pelas suas composições para longas-metragens. O japonês  regressou ao cinema em 2015, depois de um breve intervalo de três anos longe da sétima arte, com duas bandas sonoras para os filmes Living With My MotherThe Revenant, com a qual arrecadou vários prémios, incluindo um Grammy.

Proclamado pela crítica ao longo do passado ano, não será de estranhar que alguns produtores e artistas tenham entrado no mundo de Async e criado as suas próprias perspectivas deste trabalho. O resultado está agora organizado numa série de interpretações da obra original de Sakamoto intitulada Async Remodels que, através da Milan Records, chegará em formato cd/digital a 16 de Fevereiro e numa edição em vinil a 2 de Março. Nesta edição, vários artistas como Arca, Oneohtrix Point Never, Jóhann Jóhannsson ou Andy Stott remisturam temas do disco e concedem-lhes a sua interpretação. Em baixo, pode-se já ouvir “ZURE (Cornelius Remix)”.

Async Remodels
01. Andata (Oneohtrix Point Never Rework)
02. Andata (Electric Youth Remix)
03. Disintegration (Alva Noto Remodel)
04. Async (Arca Remix)
05. Fullmoon (Motion Graphics Remix)
06. Solari (Fennesz Remix)
07. Solari (Jóhann Jóhannsson Rework)
08. ZURE (Yves Tumor Obsession Edit)
09. Fullmoon (S U R V I V E Version)
10. ZURE (Cornelius Remix)
11. Life, Life (Andy Stott Remodel)

Ryuichi Sakamoto - Async Remodels

Ryuichi Sakamoto – Async Remodels