Pois é. Foi preciso passar uma década para que as Au Revoir Simone tivessem concedido a “Lark” o título de canções com direito a representação visual. O tema faz parte de The Bird Of Music, o segundo álbum das nova-iorquinas lançado a 5 de março de 2007 que trazia no bico mais grandeza synthpop.

E porquê só agora?, perguntam vocês e muito bem. Acontece que as Simone são uma das bandas favoritas de David Lynch, por isso não é de estranhar que o realizador norte-americano tenha convidado as meninas para encerrar um dos episódios da nova vaga de enredos de contornos surrealistas de Twin Peaks, estreada a 21 de março.

Erika Forster, Annie Hart e Heather D’Angelo encerram assim o episódio 4 com um dos temas mais conhecidos do álbum que sucedeu a Verses of Comfort, Assurance & Salvation, o longa-duração de estreia de 2005 – depois dos The Cactus Blossoms terem encerrado o episódio 3, os Chromatics de Johnny Jewel o 2 e Angelo Badalamenti (compositor da banda sonora original da série) o primeiro -, e revelam um vídeo realizado por Fernando Sanchez em que surgem, entre outras coisas, em silhuetas por entre imagens de tinta preta que assume várias formas quando em contacto directo com a água em vários cenários. A música, embora não tão densa, negra e sinistra como o ambiente da série o exigiria, enquadra-se perfeitamente no imaginário de David Lynch criado para uma das mais famosas cidades ficcionais de sempre.

Lê também: Por entre as névoas de Twin Peaks sobressaem as “Shadows” dos Chromatics

Avança-se assim para que cada episódio de Twin Peaks seja encerrado com um banda diferente e para a edição de duas bandas-sonoras para a série – Twin Peaks (Music From the Limited Event Series) Twin Peaks (Limited Event Series Original Soundtrack)  – já confirmadas para 8 de setembro via Rhino.