Um encantador diálogo onírico, entre a kora de Ballaké Sissoko e o violoncelo de Vincent Ségal, foi a mais recente oferta do Ciclo Mundos, parceria entre a Fundação INATEL e o Festival Músicas do Mundo de Sines que tem animado o Teatro da Trindade com uma diversidade de projectos alternativos.