Longe do indie post-punk com laivos de shoegaze de guitarras agitadas com que nos receberam em 2013 com Clash The Truth, os Beach Fossils penetram agora na ambiência mais suave do seu disco de estreia homónimo e matam a saudade daqueles que lhes testemunharam o início da carreira em 2009, um ano antes de se terem lançado na sua primeira aventura discográfica e que os deu a conhecer ao mundo.

Somersault, o terceiro longa-duração dos nova-iorquinos editado a 2 de junho, vê a banda adicionar uma novo leve de instrumentos que, ao mesmo tempo que imprimem na memória alguns dos melhores momentos de Beach Fossils de 2010, conseguem construir uma sonoridade fresca e mais alinhada com um surf rock saturado de linhas hipnóticas.

Depois dos arranjos de cordas de “Saint Ivy“, as ondas soalheiras de “This Year”, o indie pop de “Down The Line” e a psicadelia de “Tangerine” – com a participação de Rachel Goswell dos Slowdive – e de “Social Jetlag”, os Beach Fossils lançam agora um vídeo onde o skate é o protagonista para o lânguido “Sugar” que orbita nas atmosferas empoeiradas dos Tame Impala. Para ver em cima.