Pegamos na carrinha, metemos os 11 membros dos Bellowhead no banco de trás e percorremos as estradas de um Alabama que não abana de janela escancarada para o pôr do sol e para o vento que nos beija o rosto. E a haver um roteiro é, com certeza, em direcção à festa mais próxima. Uma daquelas festas absortas num excesso de lâmpadas coloridas espaçadas em teias de fios eléctricos que ornam a baixa altitude os céus escuros e entrelaçados de estrelas de uma ruralidade generosamente recriada e inocentemente renascida onde brincam descontraidamente peludinhos de quatro patas. Uma daquelas festas em que as cachopas de vestidos floridos e esvoaçantes rodopiam aos pulinhos em danças impacientes e cochicham sobre os rapazes mais jeitosos da aldeia, e onde senhores de respeitosa idade, dentição incompleta e copos cheios ficam à mercê dos sombreados alaranjados emanados pelas fogueiras e tochas que cercam a terra batida de um recinto de delineação incerta.

Agrupa-se a banda, assumem-se os respectivos lugares, pegam-se nos instrumentos e inundam-se as notas com violinos estridentes, trompetes perfurantes, bombos volumosos – e demais instrumentos da mesma casta -, com a mesma queda para a festarola dos saudosos Mumford & Sons numa luminosidade e intensidade onde se avigoram na legítma identidade e a verdadeira essência do folk.

Se o imaginário nos leva para terras do Tio Sam, os Bellowhead são, na verdade, súbditos de Sua Magestade e estão nomeados – pela terceira vez – para a categoria de Melhor Banda, distinção que arrecadaram já por duas vezes, nos Folk Awards da BBC 2. “Roll Alabama” é o novo single/vídeo de Revival, o quinto registo de estúdio da banda que já anda por aí a rodar e a fazer estragos. Dos bons.

rosana rocha sig

About The Author

globetrotter, infografista frustrada, seinfeldo-dependente, apreciadora de aviões, perfeccionista ocd e com vários títulos académicos em factos irrelevantes.

Related Posts