Ela reabriu os portões do seu mundo singular quando revelou em Setembro passado que estava para ser escrito em breve um novo capítulo. Um novo disco de Björk viria a ser anunciado pouco tempo depois, a par com a partilha ansiosa daquele que seria o primeiro vídeo para esse trabalho. “The Gate” entregava de volta a islandesa à dimensão em que se editam álbuns e o ensaio visual era inteiramente decorrido no universo maravilhoso de Miss  Guðmundsdóttir.

Björk disponibilizou há alguns dias “Blissing Me” – cujo vídeo que podem ver em baixo -, onde incarna novamente o papel de criatura de outras paragens utópicas mas recorrendo a um minimalismo ainda mais acentuado que o habitual. A acção desenrola-se num espaço em branco, ficando ao critério de quem absorve este momento de puro bliss pintar na imaginação as suas próprias paisagens.

Utopia, o último longa-duração, habita já sob a crosta terrestre desde dia 24 deste mês e hoje, a compositora nórdica avançou com o trailer para o terceiro vídeo para o nono disco da sua carreira, uma representação visual do tema-título que faz regressar Björk ao mesmo mundo que introduziu nos instantes iniciais de “The Gate”. Ainda não há data para o seu lançamento, nem informações adicionais.

Em entrevista à Beats 1, Björk adiantou já que já estará a ser preparado um disco paralelo a Utopia… com mais flautas, muito mais flautas.

I want to take a little break and then maybe in spring arrive with an angle of the live album. I think there were a few things I didn’t completely explore, like more with soloists and mysterious kind of flute playing. And I’m gonna be rehearsing with the flute players here in Iceland. I just want it to happen organically in early spring. We have some additional flute songs and some different kind of angles.