Punk Shadows é o seu nome e figura como a segunda e mais tenebrosa entrada da vida dos Blood And Glass, furioso conjunto enraizado na cultura selvagem do punk e que não dispensa as atmosféricas pintadas de um visual gótico. Liderados por Lisa Moore, que dominou o projecto como uma criação a solo até conhecer o produtor e agora companheiro Richard Moore, os Blood And Glass rapidamente se tornaram num poço de influências e direcções, evoluindo para uma musculada e grotesca fantasia que vê o seu segundo disco sair no início de 2017. “Whiskey”, com toda a pujança do seu som e do seu vídeo ultra cinematográfico realizado por Brigitte Henry, introduz-nos às novas paisagens do grupo.

Num cenário nocturno ornado de todo o decoro espelhado e fumarento das melhores reminiscências 80’s, encontramos os dois membros do grupo surgir por entre o escorrer do álcool e dos copos derramados como espectros de mágoas ou desventuras passadas. Uma batida possante vai violentando todo o cenário à medida que um baixo gutural e o tom ameaçador da vocalista dão lugar a figuras omnipresentes que riem em perversa troça. A canção, tão progressiva no seu leio como directa no seu sentido rítmico, deve tanto ao pop mainstream como às aventuras mais obscuras do experimentalismo da synthwave, elemento último que vem trazer todo o perigo e perdição que se pede de uma disco das trevas como esta. Get a Glass and take a “Whiskey”!