Em quantas histórias, em quantas vidas, em quantos instantes se mede o ciclo de um mesmo local? A resposta situar-se-á certamente compreendida num número dificilmente quantificável, e será proporcional ao tempo que leva já a sua existência. Por isso, o novo vídeo de Bonobo para “Break Apart” segue vários momentos que se interligam durante 24 horas na vida de três casais que em alturas diferentes se hospedam num mesmo quarto de motel.

Entre conversas profundas, brincadeiras, mágoas, acções mais mundanas e triviais, mágoas e várias manifestações íntimas de afecto sob diversas formas, a segunda versão visual para um dos singles extraídos de Migration – o último álbum de Simon Green editado a 13 de janeiro deste ano pela Ninja Tune -, narra três episódios de vida tão distintos quanto transversais.

Com a colaboração de Milosh dos dinamarqueses Rhye, “Break Apart” tinha recebido já um vídeo ainda em dezembro de 2016 no qual se viajava a bordo de um drone pela superfície das zonas mais inóspitas e rochosas do planeta, condensadas no deserto da Califórnia. Numa perspectiva mais humana mas igualmente desafiante, Bonobo revela as suas intenções por detrás do novo tratamento visual para a canção:

I wanted to create the sensation that you, as the viewer, are somehow participating in voyeurism by watching the video. There’s this great dichotomy that you experience watching the video where you’re simultaneously moved by watching these very authentic moments of true feeling and then this uneasy feeling that you’re invading their privacy.