Lá veio ele, e completamente de surpresa. Lá Vem A Morte – o terceiro disco dos Boogarins -, caía nas malhas das interwebs há praticamente três meses e parava meio mundo lusófono e bom pedaço de outro tanto enquanto lançamento não anunciado previamente pela banda. Estávamos em junho, altura em que a novíssima “A Pattern Repeated On” – o primeiro tema de sempre dos goianos cantado em inglês então já com um mês de rotação -, já se vinha repetindo nos players e escalava as montanhas mais altas do psicadelismo com uma descarga colossal de languidez.

Vê também: A primeira incursão dos Boogarins pelo idioma inglês em “A Pattern Repeated On”

Surpresa foi também o álbum conter uma versão canta em português desse mesmo tema – que levou o título “Foi Mal” -, sobre o qual paira agora toda a doçura vocal de Céu numa colaboração registada em vídeo pelo canal de música da Red Bull. As ambiências aveludadas da canção, pontificadas pelas guitarras dreamy e as gotas de teclados casam perfeitamente com a tonalidade graciosa da brasileira, numa união melíflua que resultou numa explosão de charme ainda maior do que aquele que o tema já apresentava naturalmente.

Esta será uma parceria que saltará do ecrã e que terá frutos ao vivo já na próxima edição brasileira do Rock In Rio no dia 15 de setembro no palco Sunset. Lá Vem A Morte sucede a Desvío Onírico, álbum ao vivo editado já este ano, e ao longa-duração Manual ou Guia Livre de Dissolução dos Sonhos de 2015.