Tão pouco tempo passou da reunião mais que vitoriosa dos The Libertines de Carl Barât e Pete Doherty e já Carl anuncia o disco da sua nova banda, Carl Barât & The Jackals. Para celebrar esta novidade, mesmo na véspera de três datas esgotadas no Alexandra Palace em Londres com os The Libertines, Barât lança ”Glory Days”, o primeiro single da sua nova aventura sonora.

Para já, sabemos apenas que o longa duração chega em 2015 com o selo da Cooking Vinyl na Europa e pela Grand Jury nos Estados Unidos e que foi inteiramente gravado em Los Angeles com uma banda montada por anúncios online. Como Barât explicou:

I actually started making this record solo, but the long and short of it is I just didn’t like my own company, (…) I was lucky, because I found a bunch of people who genuinely fit together as a gang.

E o novo gangue é constituído por Carl na voz e guitarra, Billy Tessio na guitarra, Adam Claxton no baixo e Jay Bone na bateria. Ainda só tivemos possibilidade de ouvir (e fazer download aqui) “Glory Days”, mas se o disco for pelo mesmo caminho, temos a fusão dub dos The Clash, com a fase rock&roll dos Primal Scream e a dança desengonçada e sedada dos Happy Mondays.

alec peterson sig