Os mais acostumados a percorrer os caminhos visuais de Chad VanGaalen, sabem que de pouca realidade eles são normalmente desenhados. São, aliás, todos eles trabalhos de animação realizados e executados pelo próprio músico canadiano que vem desde 2004 a assinar discos pela Sub Pop.

Com o sétimo disco lançado no calendário de edições da editora de Seattle em Setembro do ano passado, VanGaalen avança agora com o primeiro vídeo do novo ano para o tema “Host Body”, mais uma vez um trabalho de animação de uma mente incessante de criatividade plural que se alastra a várias modalidades artísticas.

Grotesco e aberrante, e ao mesmo tempo delicioso e espacialmente twisted, “Host Body” continua a dar vida a Light Information através de criaturas alienígenas e shapeshifters à semelhança de “Pine and Clover“, o até agora único representante visual para o disco, lançado em Julho de 2017. Sobre o conceito por detrás do segundo vídeo para Light Information, Chad explica que:

The theme of the video is paranoia and the illusion of reality. All of the beings in the animation are affected by how they perceive themselves through the internet, or through technological devices they have come in contact with. In this animated take on the song, the ‘parasitic demon’ is the worshiping and addiction of the augmented reality.

Chad VanGaalen passou também pelos estúdios da KEXP para uma das sessões especiais da rádio norte-americana e um conversa com Cheryl Waters. Pela sala das luzinhas azuis e brancas passaram “Old Heads” – o single que apresentou o disco em Junho -, “Locked in the Phase”, “Host Body” e a música que encerra o álbum, “Static Shape”. Sessão em baixo e vídeo de “Host Body” em cima.