Colourmusic - May You Marry Rich
40%Overall Score

Não é fácil definir o som dos Colourmusic. Este trio de Oklahoma faz uma espécie de pop electrónico ambiental com algum industrial pelo meio. A mistura poderia correr melhor e o resultado final torna-se um pouco monótono. Não que sejam más músicas, mas o alinhamento geral torna-se demasiado soturno e pouco ecléctico. Todas as músicas têm a mesma produção e não há nada que as diferencie umas das outras. A falta de eclecticismo é a maior falha deste álbum.

Talvez o melhor seja mesmo destacar os momentos altos do álbum, a começar pelo título muito bem sacado: May You Marry Rich. No campo musical, começo por destacar “Dreamgirl ’82” e”Rendezvous With Destiny”: a primeira em mid-tempo e a segunda um pouco mais acelerada, mas ambas com guitarras mais presentes e sons imaginativos, vozes que apesar de muito pouco diferenciadas de tema para tema estão, nestas duas, bem conseguidas.

“Overture” e “Horse Race” lembram-nos algo entre Florence + The Machine e Siouxie & The Banshees e são, talvez, as melhores músicas deste trabalho. Começamos a pensar que se fossem todas neste registo, talvez o resultado final fosse menos monótono. E, finalmente, “Snake In The Mouth”, um riff em contra-tempo, uma linha de guitarra hipnótica, uma voz à la Thom Yorke e um ambiente muito OK Computer. E aqui temos a certeza que há qualidade nesta banda para fazer melhor. As restantes músicas, como já foi referido, são demasiado etéreas e sem nenhum hook que nos prenda realmente.

No geral, fica-se com a sensação que este álbum poderia ter sido um EP, aproveitando apenas as melhores músicas e deixando-nos a querer mais, em vez de sermos nós a desejar o contrário.