E chegou o segundo volume da trilogia visual de Iain Forsyth e Jane Pollard, os realizadores do filme 20,000 Days on Earth sobre Nick Cave, para os textos de Stuart Evers comissionados pelos Daughter para servirem de base aos vídeos que iriam ilustrar o novo trabalho dos londrinos, Not To Disappear. Em Setembro passado, juntamente com a boa nova do regresso aos discos em Janeiro de 2016, chegava o primeiro dos 3 vídeos, “Doing The Right Thing” inspirado em “Dress”, um dos 3 contos de Evers, que podem ver aqui.

Acerca da trilogia Iain e Jane deixaram a seguinte confissão

From their early demos coming out of the studio it was obvious they were setting the bar exceptionally high with the new album. So we wanted to take an ambitious approach to the videos, starting by commissioning three short stories by one of our favourite emerging authors, Stuart Evers. Then we adapted these into a trilogy of interwoven films, all shot on the Kent coast in one shoot. A different actor leads each one: Richard Syms, Natasha O’Keefe and Marama Corlett. Plus there’s some sly references to Daughter’s past for the eagle-eyed.

Escrito na primavera de 2014 em Londres, “Numbers”, o mais recente tema que revelamos em baixo, é uma reinvenção de um esboço de poema de Elena Tonra escrito cerca de um ano antes numa época em que a voz dos Daughter se debatia com um afastamento emocional do mundo que a rodeava, dilema profundo da sociedade moderna. Tal como explicou à NPR, “The song describes a lack of emotional connection towards other people — how it feels to not feel anything at all“.

Seremos todos pouco mais do que numeros? Os Daughter não são, são um poema que ganha uma segunda estrofe em Janeiro.