Em seis décadas David Bowie já nos preparou para tudo e com um pouco de tudo e uma das coisas nos últimos anos é não esperar com muita ânsia música nova ou discos com regularidade. Em 2013 tivemos o privilégio de um disco de originais e é com altos níveis de contentamento que de repente temos acesso a este pequeno trecho de um novo tema de Bowie.

“Blackstar” é mais uma incursão pelo mundo das bandas sonoras com um intervalo de pouco mais de 20 anos altura que emprestou os seus créditos de composição a The Buddha of Suburbia e Cool World. Agora é a série The Last Panthers que recebe a bênção do senhor camaleão. “Blackstar” carrega uma aura quase religiosa, densa, negra e de uma beleza subtilmente orientalista ímpar.Bowie LAstPanthers

The Last Panthers é realizado por Johan Renck (Walking Dead, Vikings, Beach House, Fever Ray) que nos fala um pouco de como a magia aconteceu

We talked about the biblical aspects of human nature. He asked if there was anything else to see, so I showed him the first concept board i had just made for the title sequence — images from the show laced with chimaeras and demons from the worlds of Bosch and Grunewald. That’s when he said go — it all fits. Then he played me his new song “Blackstar”.

A quem tiver a sorte de andar pelos Estados Unidos David Bowie está em cena com Lazarus, uma co-produção com Enda Walsh e com Michael C. Hall, mais conhecido por Dexter no papel de protagonista da peça em cena no New York Theatre Workshop. Lazarus é baseado na peça The Man Who Fell to Earth de Walter Tevis que Bowie já representou no cinema no filme com o mesmo nome em 1976. Toda a banda sonora da peça é da sua autoria e inclui originais e novas versões de temas já editados.

alec peterson sig