Quando as referências se atiram a um desfile de referências, isso é… a tour norte-americana de promoção a Tranquility Base Hotel & Casino, o mais recente disco dos Arctic Monkeys que os trouxe a Lisboa em Julho no papel de cabeças de cartaz do festival NOS Alive.

A banda de Alex Turner anda agora por terras do Uncle Sam, onde gravaram e claramente se inspiraram, e depois de terem feito jus à linha lírica que dá o pontapé de saída ao seu sexto álbum num concerto no Forest Hills Stadium em New York onde tocaram The Strokes, prosseguiram viagem pelas salas e estradas dos US of A, tendo passado ontem à noite por Detroit, terra de um outro dos marcos da cena independente do novo milénio, os White Stripes.

Os Monkeys fizeram mais uma cover e desta vez escolheram “The Union Forever”, um dos temas de White Blood Cells, o terceiro disco de originais que deu visibilidade mediática e lançou Jack White para o papel de lenda do rock dos anos 2000. Jack White esteve também em Lisboa no NOS Alive, dois dias depois e no mesmo palco que os Arctic Monkeys, e lançou já este ano Boarding House Reach, um sério candidato a símbolo maior da reinvenção e releitura do rock desta década que se aproxima do fim. Em baixo, a versão dos Monkeys e o original dos White Stripes.