É já hoje que o Sabotage Club, um das jóias da noite do Cais do Sodré, volta à sua sempre prolifera e vasta programação com um serão bem colorido a texturas ásperas e psicadélicas.

De um lado temos Dope Body, conjunto norte americano proveniente de Baltimore, e que recentemente lançou Kunk, o último esforço de estúdio. Motivados por causas fracturantes e o descontantamento social por situações como a recente vaga de violência policial, os Dope Body são um grupo feroz regado a agressividade punk com voz.

Pela primeira vez em Portugal, a banda irá desfilar os seus mais recentes temas e promete incendiar o pequeno espaço lisboeta, bem como as mentes dos seus espectadores, com energia, contágio e ideais.

Entretanto, e numa nota mais exploratória, há ainda a viagem caleidoscópica de Acid Acid para continuar a pavimentar a noite. A nomenclatura serve para designar a mistela orgânica e progressiva da guitarra com os synths, orquestrada por Tiago Castro.

Repleto de padrões rítmicos hipnotizantes que se cruzam numa autêntica autoestrada sónica, Acid Acid não tem limite de velocidade e pouco se importa com um destino propriamente dito.

Dope Body e Acid Acid pintam a noite de hoje no Sabotage Club.