Tanto para a nostalgia ou para a descoberta de um passado que nunca se soube deles. Os seminais dois primeiros discos dos então naquela altura simplesmente chamados Verve, vão reencontrar a luz do dia numa nova versão. Para além das habituais embalagens deluxe com horas incontáveis de material informativo, o maior atractivo será, provavelmente, a presença de alguns inéditos.

Assim, surge a oportunidade de reviver e ainda encontrar novos trilhos no enublado e misterioso pântano que foi este primeiro capítulo da vida de uma das bandas britânicas mais notórias dos anos 90 pelo seus incontornáveis hinos urbanos mas também pelo cariz mais transcendental e exploratório do seu rock, alicerçado grandemente na música psicadélica e num género que, na altura, ainda se encontrava em crescimento chamado shoegaze.

Desenterram-se então “South Pacific” e “Shoeshine Girl”, vindas das sessões de A Storm In Heaven. A primeira é uma composição banhada pelo sal do mar e a brisa marítima, fresca e selvagem, mas temperadamente relaxante, demonstrando a inclinação natural dos Verve para as melodias mais progressivas e ecoantes.  No vídeo, podem também encontrar-se imagens de arquivo a documentar esta primeira fase regada a sorrisos inocentes e cabelos compridos. Já “Shoeshine Girl” caminha de forma serpentina e beatlesca para paisagens mais místicas, com os seus toques de percussão dub a elevar ainda mais a canção do chão.

Constituindo um documento da fase de uma banda que ainda se figurava particularmente desconhecida, parece então que 2016 traz música “nova” dos The Verve para além de material a solo pelo vocalista Richard Ashcroft, que lançou o seu último, These People, em Maio deste ano. As reedições de A Storm In Heaven e Northern Soul estão agendadas para 09 de Setembro.