E vão quatro edições do EDP Live Bands, concurso de bandas que une a EDP e Everything Is New numa procura pelos novos melhores talentos do nosso mercado. Desta vez a batalha foi entre nove bandas e este é o olhar do Carlos Mendes sobre algumas delas. Aqui e em imagens Lucky Who, Cursed Cliff, Zarco, Plastic People, Lazyman, No Relation e Bom Marido.

A 19 de maio o armazém L do Lx Factory recebeu a final da 4ª edição do EDP Live Bands. O concurso nasceu em Portugal em 2014 e conta já com a participação de mais de 1200 bandas. No ano de 2016 o concurso foi internacionalizado e teve a sua primeira edição em solo brasileiro. Com mais uma edição, a EDP pretende assim reforçar a sua aposta no apoio à música nacional e ajudar a “dar o salto”. E foi exatamente esse o espírito do slogan da edição deste ano: “As paredes não têm ouvidos – Dá o salto da garagem para o palco”.

Este ano a EDP, além dos parceiros anteriores – a Eveything is New e a Sony Music Portugal -, contou também com o apoio da Fnac, a RTP, a Antena 3 e a revista Sábado. Nesta 4ª edição foram 9 as bandas finalistas que saltaram da “garagem” com os olhos postos no palco de um dos maiores festivais de música em Portugal e na Europa, o NOS Alive.

A decisão da banda vencedora estava inteiramente nas mãos do júri, que tinha como critérios a técnica e execução musica, originalidade, presença em palco, interpretação musical e interação com o público. Foi perante uma plateia animada e descontraída que as 9 bandas candidatas encheram o palco e presentearam com boa música todos os presentes. O rock acabou por ser o rei da noite, mas também houve quem arriscasse a cantar em português ou levasse para o palco a classe do violino.

No final da noite, acabou por ser os Plastic People a saltar mais alto. A banda dos 5 rapazes de Alcobaça, que descreve a sua música como “simples” mas “vibrante”, influenciada pelo punk, new wave e rock alternativo, retira inspiração de artistas como Iggy Pop, David Bowie e de bandas como os The Velvet Undergound ou Joy Division.

Como prémios a banda recebe a oportunidade gravar um álbum de originais com a Sony Music e de atuar nos festivais NOS Alive em Portugal, e no Mad Cool Festival em Madrid. O próximo encontro já está marcado. Até julho, Plastic People.

Ana Margarida Silva