O som de Seattle não morreu, não, pulsa quente e vai mais além nas veias dos Ego Kill Talent. Aqui ao vivo no primeiro dia de Festival Circadélica.