Não só em cenários luxuriantes e paisagens abstratas modeladas por samples se espraia o ambiente sonoro em que se movimenta Michael Orange, o multi-instrumentalista irlandês que dá corpo a Feather Beds. São também gravações realizadas fora do confinamento de estúdio aquelas que adornam uma tela que ocupa um espaço onde se mesclam found sounds e camadas íngremes e abrasivas de pendor melancólico, magnetizante e subtilmente sombrio, ainda que conservando fragmentos de sensibilidade pop e laivos distorcidos de uma electrónica frágil, maleável e graciosa. Embrulhado numa estética shoegaze de expressão e textura noise, “Walter” abarca no mesmo universo influências pop, drone, art rock e folk.

Michael Orange, que ao vivo se faz acompanhar por Tim Charman e Mike Michalik, passou grande parte dos últimos anos aos comandos da bateria de várias bandas da zona de Dublin e com elas compôs e gravou diversos álbuns, os quais subiram aos palcos um pouco por toda a Europa e Estados Unidos. Feather Beds é a sua primeira aventura a solo e The Skeletal System, o seu álbum de estreia, chega-nos no próximo mês de Fevereiro via Happenin Records.

The Skeleton System

01. Walter
02. Animal Fat
03. On Your Deathbed
04. Swimwear
05. Actress
06. Gunt Nuzzler
07. Seal Clubbing
08. Pushing, Pushing, Pushing…
09. Airbrushed

rosana rocha sig

 

unnamed