Eles demoraram nada mais nada menos que seis anos a editar um novo trabalho de originais, mas esse tempo ficou já para trás e este é o momento para desfrutar das novas histórias regadas a folk e a campos de trigo dos trovadores Fleet Foxes em Crack-Up, o novo compêndio de canções torradas pelo sol dos rapazes de Seattle lançado ontem, dia 16 de junho, e o primeiro a sair pela editora Nonesuch Records.

Robin Pecknold, que escreveu todos os temas do disco, levou os norte-americanos à televisão para tocar “Third Of May” – aquela que constituiu metade do combo “Third of May / Ōdaigahara” e que pode ser ouvida na totalidade aqui -, ao The Late Show With Stephen Colbert, para uma apresentação ao vivo bastante vibrante. De relembrar que os Fleet Foxes chegam a Lisboa, já sem J. Tillman, algures no início de julho para actuar no Palco Heineken do NOS Alive no dia 8.