À semelhança da triple j na Austrália, que tem feito um trabalho notável em manter o rock à tona de água e tem dado oportunidade a vários artistas de fazerem nos seus estúdios versões de temas da autoria de outros no seu programa especialmente dedicado a esse conceito, o Like A Version, também a SiriusXM tem permitido, ao longo das suas emissões por satélite e online, espreitar para dentro de algumas covers dignas de registo.

Os Franz Ferdinand, que se encontram em plena contagem decrescente para o lançamento do seu próximo álbum, Always Ascending, foram os artistas que desta vez estiveram encarregues de pegar numa canção emprestada e de a ambientar com as suas próprias tonalidades sonoras. A matéria-prima foi dada aos escoceses por “Shut Up Kiss Me”, um tema de Angel Olsen e um dos grandes responsáveis pela consolidação da norte-americana como um fenómeno a nível mundial.

“Shut Up Kiss Me”, que aqui adquire algumas das partituras de bateria e guitarra características da malha ferdinandiana, não se distancia muito da versão original, embora não fique naturalmente despojada da sensualidade quase inocente de Olsen. O tema faz parte do alinhamento de My Woman, o terceiro registo de estúdio da discografia de Angel Olsen, lançado em 2016, que entretanto lhe viu somada a compilação,  Phases, no ano passado.

Os Franz Ferdinand editam Always Ascending esta sexta-feira, dia 9 de Fevereiro, via Domino, aquele que será o seu quinto registo de longa-duração. Do disco, já se conhecem “Always Ascending” – que entretanto ganhou já representação visual -, “Feel The Love Go” – que vê Alex Kapranos no papel de curandeiro -, e “Lazy Boy“. Este será o primeiro álbum que não contará com a presença do guitarrista Nick McCarthy, que entretanto se tem dedicado a outros projectos.

Lê tambémAngel Olsen e a delicada linha da melancolia em set acústico para a House Of Strombo