Durante 15 anos, Hayden Thorpe foi o rosto e a voz dos Wild Beasts e em 2017, quando anunciaram o fim do caminho para surpresa de todos e em pleno lugar de topo dentro da cena alternativa – Boy King tinha saído em 2016 com a crítica e os fãs a entregarem-se em pleno ao pendor mais lânguido com que os ingleses revestiram a sua música – era expectável que o seu caminho se cruzasse com uma carreira a solo.

Passados dois anos e depois de alguns concertos de despedida, o EP Punk Drunk & Trembling ainda em 2017 e Last Night All My Dreams Came True – um disco ao vivo no ano passado – Thorpe surge finalmente sozinho em Fevereiro de 2019 com o single e o vídeo para “Diviner”. Dois meses mais tarde um novo single assumia-se como porta voz da boa nova e “Love Crimes” anunciava o disco de estreia a solo de Hayden para Maio, Diviner.

O disco saiu a 24 de Maio pela Domino e hoje Hayden Thorpe mostra o resultado final da entrega do primeiro single ao produtor e dj de ambient e IDM norte-americano, Lusine. Esta é “Hayden Thorpe – Diviner (Lusine Remix)”.