Guitarras que soam a sintetizadores, sintetizadores que soam a guitarras. A música dos I Heart Sharks, resultado de engenharia alemã, coração britânico e rugosidade nova-iorquina, cheira a estio e prova como errónea a afirmação que se nos faz dançar não nos pode estimular a mente.

Em antecipação do seu futuro EP To Be Young a ser lançado no próximo mês de Abril, a banda adianta o vídeo com as letras do novo tema “Reykjavik (Stay Here)”. Em preparação encontra-se também o segundo álbum da banda. Gravado juntamente com o produtor dos Hurts, Joseph Cross, simultaneamente numa tecelagem abandonada em Manchester e no quartel-general da rádio da Alemanha de Leste em Berlim, o segundo longa-duração mantém-se fiel à sonoridade veraneante que deu a conhecer os I Heart Sharks ao mundo com o seu álbum de estreia de 2011, Summer.

rosana rocha sig