I See You junto ao Tejo, The xx. A banda de Romy, Oliver e Jamie são a mais recente adição ao cartaz da 11ª edição do NOS Alive, um regresso aos mesmo palcos que os acolheram em 2010 com a banda a saltar da mítica tenda Heineken para o palco principal. Os The xx colocam-se então lado a lado com Ryan Adams como os primeiros nomes do primeiro dia do festival lisboeta.

Por alturas de dia 06 de Julho já o mundo conhecerá na sua totalidade o novo disco do trio londrino de nome I See You, que sucede a xx de 2009 e a Coexist de 2012. O terceiro longa-duração tem data de edição para 13 de Janeiro pela Young Turks. Por agora, ainda não temos mais do que apenas duas canções: “On Hold”, o primeiro dos temas a ser apresentado pelos The xx em conjunto com a oficialização do novo registo, e “I Dare You” que a banda levou ao palco do Saturday Night Live pertinho do final de Novembro. Podem recordar “I Dare You” aqui e “On Hold” aqui.

I See You é uma nova etapa para os The xx que aos poucos vão deixando cair o minimalismo dreamy e sombreado de cinzentos para uma refrescante e mais leve abordagem à construção sónica das suas canções. Temendo a repetição do argumento mas sendo inevitável a comparação, os The xx avançam para territórios mais clubbing dignos do trabalho a solo de Jamie xx mas sempre sem deixar as linhas melódicas e os arranjos doces e delicados da guitarra de Romy Madley Croft cair no esquecimento. Uma banda que cresce da mesma forma que nasce… no seu próprio espectro de trabalho.

O NOS Alive começa a compor, e bem, a vontade de encontrar um passe no sapatinho por alturas da noite de Natal ou não sejam os Alt-J, Depeche Mode, Foo Fighters, Ryan Adams, The Kills, The xx e Warpaint motivos mais que suficientes para tardes e noites junto ao rio no começo do Verão.

Bom regresso aos três xx e um souvenir directamente de 2010.