Já lá vão quatro anos desde que a idade do gelo dinamarquesa deixou nos terrenos do amor as 12 sementes que faziam o terceiro disco dos Iceage, Plowing Into the Field of Love, ramificar-se por entre os poemas de Elias Bender Rønnenfelt e a agressiva desesperança post-punk da banda de Copenhaga. Elias pregou também maldições ébrias no púlpito dos Marching Church, lançando Telling It Like It Is em 2016 e This World Is Not Enough um ano antes tendo o último salmo sido lido em público em Dezembro do ano passado com a divulgação do vídeo para “Christmas On Earth“, um trabalho realizado pela pecadora assumida Sky Ferreira.

De volta aos gelos da banda que o revelou enquanto um dos mais interessantes escritores de canções demoníacas nascido na linhagem maldita de Nick Cave, Lanegan e Tom Waits, Elias traz novamente os Iceage para a linha da frente com um novo tema, nesta altura ainda orfão de notícias sobre um disco que substitua o álbum de 2014.

“Catch It” não se afasta uma sombra sequer do caminho que tem sido percorrido até agora por Rønnenfelt tanto nos Iceage como nos Church, e apresenta-se como uma marcha cambaleante entre paredes de guitarras que se movem entre as neblinas de cigarros húmidos pelos lábios encharcados em bourbon de Elias, enquanto este canta sobre a volatilidade dos prazeres efémeros e fictícios.

 Trust me,
These arbitrary thrills they never fail to transcend,
Make me real.

O novo tema vem já com um vídeo etilista, fosco e sufocante realizado por Adam Hashemi em que participa o actor David Dastmalchian da última série de Twin Peaks.