Imarhan significa, na língua do povo de Kel Tamashek, “aqueles que te querem bem” ou “aqueles a quem eu quero bem”. Imarhan significa, em linguagem universal, o calor das novas linguagens musicais dos mesmo desertos que nos trouxeram Bombino, os Mdou Moctar ou os Tamikrest. Imarhan significa o abraço firme de um groove especial nascido entre as areias do Sahara, um blues mais físico que embarca na mesma travessia espiritual pelas distorções folk das tribos tuaregs mas indo mais além na complexidade criativa e numa abordagem poética urbana refrescante e inovadora no maravilhoso mundo do Tishoumaren.

Os Imarhan são Iyad Moussa Ben Abderahmane, a.k.a. Sadam, Tahar Khaldi, Hicham Bouhasse, Haiballah Akhamouk e Abdelkader Ourzig. Todos eles, nascidos e criados em Tamanrasset, uma comunidade tuareg e cidade-oasis nas montanhas Ahaggar no sudeste da Argélia, carregam na sua genética os ecos da arte e da poesia tamashek fruto da ligação de sangue de Sadam com Eyadou Ag Leche dos Tinariwen – Sadam e Eyadou são primos – que produziu, co-escreveu alguns dos temas do disco que aí vem e acima de tudo guiou a evolução sonora dos Imarhan desde a sua formação em 2008.

O disco de estreia do quinteto argelino sai dia 29 de Abril pela mão da City Slang e hoje foi revelado o mais recente video “Imarhan” para o disco com o mesmo nome. A banda terminou uma tour europeia onde partilhou palcos com Kurt Vile o que prova bem o carácter diferenciativo dos Imarhan. Fiquem com o novo video além dos anteriormente revelados “Tahabort” e “Assossamagh” e boa viagem de descoberta.