Com uma sólida carreira de mais de 15 anos, Iron & Wine dispensa quaisquer apresentações e, à semelhança de Bill Callahan e Bonnie ‘Prince’ Billy, descendentes da mesma linhagem sonora, soma e segue com mais um álbum a juntar à sua já considerável discografia. O novo álbum Beast Epic, que sairá a 25 de Agosto, conta com o single de avanço “Call It Dreaming” e “Thomas County Law,” o mais recente tema a ter honras de vídeo.

As guitarras tradicionais da folk e do country dão a “Thomas County Law” um tom intimista e terno, afagando o coração com uma candura esmagadora que nos aquece, conforta e aconchega. A canção marca claramente um regresso ao sabor dos seus primeiros discos – The Creek Drank The Cradle, o seu álbum de estreia de 2012, e Our Endless Numbered Days de 2004 -, afastando-se assim dos seus mais recentes Kiss Each Other Clean de 2011 e Ghost On Ghost de 2013, ambos de construção sonora mais complexa e intrincada. O tema evoca um regresso às raízes, à simplicidade e ao despojamento dos arranjos. Os dias estendem-se além das horas e não há pressa para chegar a lugar nenhum, como se pudéssemos viajar pelas estradas do campo, embevecermo-nos com a sua luxuriante paisagem e entrássemos num tempo esquecido.

Lê também: Como um regresso a casa, “Call It Dreaming” devolve Iron & Wine aos discos

Iron & Wine não teme o formato das linhas tradicionais das canções. Ao invés, reincorpora-as na sua corrente sanguínea e transforma-as em momentos inesquecíveis. Perfeito para dias outonais e para quem procura estados melancólicos de recolha e paz interior.