Ele já tinha avisado que tinha um disco praticamente pronto. Ele tinha avisado também que seria um disco diferente e bizarro. O que Jack White não tinha avisado era que ia aparecer de repente e mandar com uma colagem de quatro minutos de sons, ao que tudo indica, retirados de temas daquele que será o seu terceiro longa-duração e sucessor de Lazaretto, de 2014.

O músico norte-americano tinha alterado a sua foto de perfil nas redes sociais ao início da tarde, alguns minutos antes de carregar um vídeo com o título “Servings and Portions from my Boarding House Reach” na sua página de Youtube. Por ali também andam fotos em estúdio, extintores, objectos decorativos e outras imagens intercaladas com palavras como “Abulia”, “Aisarka”, “Papillon”, “Real Hands”, “Chévre”, “Kale”, “Leak”. Estranho? Sim? Esperem até ver o vídeo em baixo.

Se se confirmar em breve que este é o primeiro passo para o novo disco do ex-White Stripes, então estamos sem dúvidas perante a divulgação do álbum número três a solo do norte-americano. Por agora, não há mais novidades além destas porções servidas por White, mas os alarmes estão desde já em alerta vermelho.