Jenny Hval trouxe a pop experimental das histórias de sangue de Blood Bitch ao palco do Lux Frágil em Lisboa.