Josephine, tal como o seu nome, não pertence a estes tempos. Pertence a uma época onde as senhoras se desfilam elegantes pelas estradas de terra que separam o saloon do mercado de abastecimento de uma qualquer cidade no oeste selvagem; pertence a um tempo onde o sol se despede devagar no horizonte, e onde o uivo dos coiotes se perfila assim que o astro-rei der lugar ao luar e onde o crepitar do fogo nocturno que aquece as cabanas da pradaria é o acompanhamento certo para o dedilhar de uma viola solitária, que canta canções de amor sobre garimpeiros e mulheres de tez pálida mas rosada pelo sol quente.

Josephine Foster não é a mulher de tez pálida é, sim, garimpeira de folk que explora a guitarra, o ukelele, a harpa e o piano como quem procura pepitas de ouro e som num ribeiro rico de história: a do cancioneiro do oeste norte-americano. Um cancioneiro que vem ela própria a enriquecer desde o ano 2000 e do disco de estreia, There Are Eyes Above, com mais pedras preciosas – a última das quais foi editada já há dois anos em forma de No More Lamps In The Morning e um dos 15 álbuns com que a singer-songwriter do Colorado se vem tornando uma figura única e que a história lembrará como essencial.

Depois de uma última passagem por Portugal em nome próprio em 2016 – voltou uns meses mais tarde na companhia dos espanhóis Mendrugo -, Foster volta agora para mais uma mão cheia de concertos. Josephine começa a mini-digressão na Galeria Zé dos Bois em Lisboa no dia 14 e Fevereiro, termina a tour em Ílhavo no Teatro da Vista Alegre já no dia 18. As datas completas estão para consulta em baixo. A primeira parte fica a cargo de Ka Baird, que editou em 2017 Sapropelic Pycnic, um disco que escangalha as fronteiras da folk e da experimentação através da manipulação electrónica para entrar de forma nada sub-reptícia nos reinos do sonho e do anómalo de contornos apenas descritíveis através da experimentação pessoal, única e intransmissível.

14/02 – Lisboa @ Galeria Zé Dos Bois
15/02 – Coimbra @ Salão Brazil
16/02 – Guimarães @ Centro Cultural Vila Flor
17/02 – Setúbal @ Casa da Cultura
18/02 – Ílhavo @ Teatro da Vista Alegre