Longe dos Sonic Youth há já 5 anos, Kim Gordon tem-se mantido mais ou menos na fase visível da música no que a participações em variadíssimos projectos diz respeito. 2016 marca o ano em que a nova-iorquina lança o seu primeiro single a solo e um que não vai indubitavelmente passar despercebido.

Num grunge tenso de acento grave delineado por um riff de baixo gutural, uma voz claustrofóbica em jeito de grito abafado e uma bateria a correr em loop, “Murdered Out” conta com a colaboração de Stella Mozgawa das Warpaint na bateria e do produtor Justin Raisen (Charli XCX, Sky Ferreira). Inspirado pela pintura preta mate a cobrir os automóveis com que Gordon se deparou de volta à sua nativa Los Angeles, o tema adoptou uma tonalidade mais gótica do que o previsto, como a própria confessa à publicação Rolling Stone:

The song was aesthetically more goth than I’m comfortable with […] I was interested in how [black matte spray] is a subliminal way of X-ing yourself out of the culture. It’s intentionally restrictive; it reclaims something that’s shiny, fetishistic, what was once a driving force of American production and part of L.A. culture – the car. [Black matte spray] is away saying that there’s nothing in mainstream culture for you.

Desconhece-se ainda se haverá disco no horizonte ou se este será um apenas um single independente de qualquer lançamento. Esperam-se revelações brevemente.