B’lieve I’m goin down… já leva dois anos, mas enquanto não há novidades do novo disco a solo de Kurt Vile nem das experiências que o norte-americano anda a inventar em estúdio na Austrália com Courtney Barnett, o rocker da Matador prepara-se para re-editar dois EPs que se encontravam já descatalogados. Square Shells de 2010 e So Outta Reach de 2011 vão receber edições num vinil azul e opaco para a delícia dos coleccionadores. Sim, os mesmos que já andam a fazer contas às poupanças para o Record Store Day do próximo dia 22.

Para celebrar as reedições, relembramos uma das faixas de So Outta Reach, a cover de “Downbound Train” de Bruce Springsteen editada originalmente no clássico Born In The USA de 1984. Este é o olhar mais abrasivo de Vile para uma música sobre o falhanço do amor na classe trabalhadora norte-americana. O dinheiro mata mesmo todo o romance.

Fica em cima a cover original e em baixo a versão ao vivo no Super Bock Super Rock no ano passado.

 She just said “Joe I gotta go
We had it once we ain’t got it any more”
She packed her bags left me behind
She bought a ticket on the Central Line

Nights as I sleep, I hear that whistle whining
I feel her kiss in the misty rain
And I feel like I’m a rider on a downbound train.