É de delicada pureza e simples canto que se fazem as músicas dos Birds Are Indie, banda baptizada nas águas do Mondego e que tem espalhado a sua corrente soalheira um pouco por todo país. Aptos para fingir que o mundo parou, mas secretamente fervilhantes em emoções e cristalinas sensações onde a vida, essa, nunca pára nem de correr nem de se imaginar, vêem-se agora a lançar o seu “Let It Show” em vídeo.

A técnica da apropriação surge aqui para dar um novo sentido a The Mad Magician, de Crane Wilbur, cujas imagens das impressionantes proezas do mundo do espectáculo, mostradas a preto e branco. aparecem tingidas com uma palete bem própria do grupo. O timbre quente e grave das vocais, tão ternas como enrugadas e sentidas, trazem consigo os amarelares e os subtextos bucólicos de uma tarde na pradaria que fazem a música dos Birds Are Indie, ao mesmo tempo, visual e cândidamente secreta.

Entretanto, o grupo vai viajando pelo cenário português com uma série de aventuras ao vivo que se estendem até Novembro. Já neste mês de Outubro encontraremos os Birds Are Indie em Rio Maior (Espaço Maioral) a 22 de outubro, na Fnac Leiria a 23, no Aqui Base Tango em Coimbra a 29 e em Tondela, no bar Acert a 31. “Let It Show” está já aqui.