A história dirá que nem só de finais se fez a carreira de Liam Gallagher. Depois do final dos míticos Oasis, precipitado em 2009 com a saída do mano Noel com quem partilhou os palcos durante mais de 18 anos, do final dos The Rain, banda que lhes antecedeu, e o final dos Beady Eye, banda que se lhes seguiu e que juntava todos os elementos dos Oasis à excepção de Noel, Liam dá o ponto de partida a uma carreira completamente a solo com As You Were, o seu primeiro registo de estúdio que será lançado ainda durante este ano.

“Wall Of Glass” é o single de avanço para o disco e garante que o legado Gallagher não só não se perde como pouco ou nada se reinventa, com tudo o que de melhor isso tem. O tema demonstra por A mais B que a química dos Oasis, gostem ou não os atiçadores de polémicas, sempre se fez do melhor das duas partes, tanto com a capacidade de criar melodias pop e rock ao nível das lendas da história inglesa, como da atitude e da voz marginal de Liam que agora prova – talvez mesmo principalmente a si próprio -, que apesar da verve da composição ter ficado principalmente agarrada aos genes do seu irmão, o rock inglês precisa de mais swearwords e de meninos mal comportados como de pão para a boca. Liam fez-se rodear de Greg Kurstin, o produtor por detrás de “Hello” de Adele, para construir os refrões enormes que se constituir o espectro de As You Were.

It is what it is, mate. I didn’t write Live Forever but as soon as I sang it, I made it my own. I class myself as a rock’n’roll singer who writes the odd tune now and again. And that is it. I’m not going out saying I’m Bob Dylan.

“Wall Of Glass” encosta-se automaticamente à grandiosidade de “Champagne Supernova”, “Roll With It”, “Shaker Maker” ou “Supersonic” e abre espaço para a afirmação, finalmente e há muito merecida, do irmão rebelde. A idade é um posto e uma virtude, mas Liam parece pronto para mais um ajuste de contas. Se com o Noel, a imprensa ou o mundo em geral só o tempo o dirá, mas por agora está pronto para a ressurreição.

I believe the resurrection’s on and you were wrong

As You Were sai provavelmente em Outubro, como referiu Liam em entrevista ao Evening Standard e este é o vídeo para “Wall Of Glass”.