Depois de “My Mother & I” para o Dia da Mãe, da sua versão para “La Vie En Rose” de Edith Piaf para o Dia dos Namorados e da grandiosa “Forever Half Mast” para o Dia da Independência dos Estados Unidos, Lucy Dacus continua com o plano de ir lançando singles soltos ao longo do ano e sempre em pontos de destaque no calendário.

Desta vez, a data especial traz um carácter muito pessoal já que serve para festejar o 70º aniversário do The Boss, Bruce Springsteen himself, que se celebra no próximo dia 23 deste mês de Setembro.

Happy birthday to Bruce but also happy birthday to my dad, the biggest Bruce fan I know and the reason I’ve listened to The Boss since birth. I resisted it when I was younger as a rebellion to my dad’s taste, but I have come to love his music on my own time. His lyricism is embedded in my own songwriting inextricably at this point.

“Dancer In The Dark” faz parte de Born In The USA, disco de 1984 de Bruce Springsteen.